Telefone  Fale connosco: (+351) 255 092 634    E-mail  Email: geral@hmed.pt   Facebook

logo Hmed 172x120

(+351) 255 092 634  telefone Hmed azul

  geral@hmed.pt  email Hmed laranja

Social  facebook icon

  • 79ª Volta a Portugal

  • Facebook

  • slide analises

  • slide medicina dentaria

  • slide cheque dentista

  • slide ortodontia

  • slide cardiologia

  • slide enfermagem domicilio

ModuloClinicaGeral

ModuloMedicinaDentaria

ModuloCardiologia

ModuloMedicinaTrabalho

ModuloMedicinaDesportiva

Faltava um estudo sobre a relação entre os diabetes e a perda de dentes. Para estudar esse problema pesquisadores americanos investigaram os dados de mais de 37.500 adultos durante um período de 40 anos.

Concluíram que os diabéticos, particularmente os hispânicos adultos e os negros, têm um risco aumentado de perda de dentes quando comparados aos indivíduos saudáveis.

O estudo, que foi conduzido por pesquisadores da Duke University School of Nursing, revelou que, em geral, os diabéticos perdem mais dentes do que os não diabéticos, independentemente da sua origem étnica. Em média, eles perdem cerca de duas vezes mais dentes .

Embora a perda do dente tenham aumentado com a idade, a taxa de aumento variaram por status, diabetes e etnia. No grupo de adultos negros não-hispânicos, a perda de dentes aumentou mais rapidamente do que em brancos não-hispânicos ou os mexicanos-americanos. Os diabéticos negros não-hispânicos perderam o maior número de dentes.

Com crescente evidência, demontra-se que a saúde oral está associada à saúde global, e é necessária uma abordagem interdisciplinar para assegurar uma melhor gestão da doença. Por exemplo, é conhecido à décadas que a diabetes do tipo 1 e 2 são factores de risco para a doença periodontal.

De acordo com a National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion dos Estados Unidos a diabetes está a tornar-se mais comum nos Estados Unidos. De 1980 a 2014, o número de americanos com diabetes diagnosticada quadruplicou. Estima-se que 29,1 milhões de pessoas nos EUA (9,3 por cento da população) têm diabetes, incluindo 8,1 milhões de casos não diagnosticados. Em 2010, nos EUA, a diabetes foi a sétima principal causa de morte.

 

Fonte: O estudo, intitulado ""Forty-year trends in tooth loss among American adults with and without diabetes mellitus: An age-period-cohort analysis,”, foi publicado na edição de dezembro da Preventing Chronic Disease Journal, revista eletrónica publicado pelo National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion.

Os dados para o estudo foi obtido a partir do National Health and Nutrition Examination Survey.

 

 

Em destaque

HMED Saúde na Volta ao Algarve

Promoção da Saúde Oral

CHEQUE DESTISTA

Clínica Aderente

Crianças - Grávidas - Idosos

logos ars dgs

 

Medicina no Trabalho

Empresa Autorizada

logos medicina trabalho

 

Pedido de Contacto

  1. Nome:(*)
    Introduza o seu nome
  2. E-mail:(*)
    Introduza um endereço de E-mail válido.
  3. Telefone:
  4. Mensagem:(*)
    Introduza a sua mensagem.

Promoção da Saúde Oral

Cheque Dentista - Clínica Aderente

Crianças - Grávidas - Idosos

logos ars dgs linha

 

Medicina no Trabalho

Empresa Autorizada - ACT e DGS

logos medicina trabalho